Páginas

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

... A Guerra do Rio. A farsa e a geopolítica do crime

.
.
.
"Deixamos de fazer as velhas e relevantes perguntas: qual é a atual política de segurança do Rio de Janeiro que convive com milicianos, facções criminosas hegemônicas e área pacificadas que permanecem operando o crime? Quem são os nomes por trás de toda esta cortina de fumaça, que faturam alto com bilhões gerados pelo tráfico, roubo, outras formas de crime, controles milicianos de áreas, venda de votos e pacificações para as Olimpíadas? Quem está por trás da produção midiática, suportando as tropas da execução sumária de pobres em favelas distantes da Zona Sul? Até quando seremos tratados como estadunidenses suportando a tropa do bem na farsa de uma guerra, na qual já estamos há tanto tempo, que nos faz esquecer que ela tem outra finalidade e não a hegemonia no controle do mercado do crime no Rio de Janeiro?", pergunta José Cláudio Souza Alves, sociólogo, com doutorado na USP, professor da Universidade Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, autor do livro "Dos Barões ao Extermínio – Uma História da Violência na Baixada Fluminense" e membro do Iser Assessoria.
Eis o artigo.
Nós que sabemos que o “inimigo é outro”, na expressão padilhesca, não podemos acreditar na farsa que a mídia e a estrutura de poder dominante no Rio querem nos empurrar.
Achar que as várias operações criminosas que vem se abatendo sobre a Região Metropolitana nos últimos dias, fazem parte de uma guerra entre o bem, representado pelas forças publicas de segurança, e o mal, personificado pelos traficantes, é ignorar que nem mesmo a ficção do Tropa de Elite 2 consegue sustentar tal versão.
O processo de reconfiguração da geopolítica do crime no Rio de Janeiro vem ocorrendo nos últimos 5 anos.
De um lado Milícias, aliadas a uma das facções criminosas, do outro a facção criminosa que agora reage à perda da hegemonia.
Exemplifico. Em Vigário Geral a polícia sempre atuou matando membros de uma facção criminosa e, assim, favorecendo a invasão da facção rival de Parada de Lucas. Há 4 anos, o mesmo processo se deu. Unificadas, as duas favelas se pacificaram pela ausência de disputas. Posteriormente, o líder da facção hegemônica foi assassinado pela Milícia. Hoje, a Milícia aluga as duas favelas para a facção criminosa hegemônica.
Processos semelhantes a estes foram ocorrendo em várias favelas. Sabemos que as milícias não interromperam o tráfico de drogas, apenas o incluíram na listas dos seus negócios juntamente com gato net, transporte clandestino, distribuição de terras, venda de bujões de gás, venda de voto e venda de “segurança”.
Sabemos igualmente que as UPPs não terminaram com o tráfico e sim com os conflitos. O tráfico passa a ser operado por outros grupos: milicianos, facção hegemônica ou mesmo a facção que agora tenta impedir sua derrocada, dependendo dos acordos.
Estes acordos passam por miríades de variáveis: grupos políticos hegemônicos na comunidade, acordos com associações de moradores, voto, montante de dinheiro destinado ao aparado que ocupa militarmente, etc.
Assim, ao invés de imitarmos a população estadunidense que deu apoio às tropas que invadiram o Iraque contra o inimigo Sadan Husein, e depois, viu a farsa da inexistência de nenhum dos motivos que levaram Bush a fazer tal atrocidade, devemos nos perguntar: qual é a verdadeira guerra que está ocorrendo?
Ela é simplesmente uma guerra pela hegemonia no cenário geopolítico do crime na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
As ações ocorrem no eixo ferroviário Central do Brasil e Leopoldina, expressão da compressão de uma das facções criminosas para fora da Zona Sul, que vem sendo saneada, ao menos na imagem, para as Olimpíadas.
Justificar massacres, como o de 2007, nas vésperas dos Jogos Pan Americanos, no complexo do Alemão, no qual ficou comprovada, pelo laudo da equipe da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, a existência de várias execuções sumárias é apenas uma cortina de fumaça que nos faz sustentar uma guerra ao terror em nome de um terror maior ainda, porque oculto e hegemônico.
Ônibus e carros queimados, com pouquíssimas vítimas, são expressões simbólicas do desagrado da facção que perde sua hegemonia buscando um novo acordo, que permita sua sobrevivência, afinal, eles não querem destruir a relação com o mercado que o sustenta.
A farsa da operação de guerra e seus inevitáveis mortos, muitos dos quais sem qualquer envolvimento com os blocos que disputam a hegemonia do crime no tabuleiro geopolítico do Grande Rio, serve apenas para nos fazer acreditar que ausência de conflitos é igual à paz e ausência de crime, sem perceber que a hegemonização do crime pela aliança de grupos criminosos, muitos diretamente envolvidos com o aparato policial, como a CPI das Milícias provou, perpetua nossa eterna desgraça: a de acreditar que o mal são os outros.
Deixamos de fazer assim as velhas e relevantes perguntas: qual é a atual política de segurança do Rio de Janeiro que convive com milicianos, facções criminosas hegemônicas e área pacificadas que permanecem operando o crime? Quem são os nomes por trás de toda esta cortina de fumaça, que faturam alto com bilhões gerados pelo tráfico, roubo, outras formas de crime, controles milicianos de áreas, venda de votos e pacificações para as Olimpíadas? Quem está por trás da produção midiática, suportando as tropas da execução sumária de pobres em favelas distantes da Zona Sul? Até quando seremos tratados como estadunidenses suportando a tropa do bem na farsa de uma guerra, na qual já estamos há tanto tempo, que nos esquecemos que sua única finalidade é a hegemonia do mercado do crime no Rio de Janeiro?
Mas não se preocupem, quando restar o Iraque arrasado sempre surgirá o mercado financeiro, as empreiteiras e os grupos imobiliários a vender condomínios seguros nos Portos Maravilha da cidade.
Sempre sobrará a massa arrebanhada pela lógica da guerra ao terror, reduzida a baixos níveis de escolaridade e de renda que, somadas à classe média em desespero, elegerão seus algozes e o aplaudirão no desfile de 7 de setembro, quando o caveirão e o Bope passarem.
Fonte:

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Vem pro Rio que tá bombando!



Dormi no Rio, acordei no Haiti?

Antigamente tínhamos medo da volta da ditadura, de andar sozinho pela cidade durante a madrugada, dos assaltos nos ônibus, dos arrastões nas praias e nas estradas congestionadas, das crianças drogadas perambulando pela rua pedindo esmola, mas hoje está infinitamente pior que no tempo da minha avó que acreditava que os comunistas comiam criancinhas.


Estamos vivenciando uma guerrilha urbana articulada de dentro dos presídios. Tememos por nossas vidas e pelas vidas de nossos familiares e amigos que não andam em carros blindados, e saem de casa para trabalhar ou estudar sem a garantia de conseguir voltar para suas casas até por falta de transporte.


Durante o dia carros e ônibus são incendiados em vários locais da cidade maravilhosa; as pessoas estão com medo sitiadas em seus lares a espera de um milagre acenando lencinho branco na janela; em alguns bairros o comércio está fechado e algumas escolas têm as aulas suspensas; pelos noticiários da tv assistimos praticamente ao vivo "cenas reais dignas do filme tropa de elite 3", pérola do plantão de notícias da rede Globo.


"Essa é uma situação de desespero dos marginais. E nós não vamos nos desesperar. É esse apelo que eu faço à população: mantenham a calma, mantenham a rotina. É a melhor resposta. O que eles querem é o pãnico." São palavras do nosso Governador Sérgio Cabral Filho.


"Quero questionar essa ideia de que o Rio está em guerra.
Primeiro, que as imagens, as armas, o número de mortos, tudo isso poderia nos levar a uma conclusão da ideia de uma guerra. Mas, qual é o problema de nós concluirmos que isso é uma guerra, de forma simplista? Não há elemento ideológico: não há nenhum grupo buscando conquistar o estado. Não há nenhum grupo organizado que busca a conquista do poder por trás de qualquer uma dessas atitudes." Pronunciamento de Marcelo Freixo na ALERJ



Mas quando terá fim esse terrorismo?



A mídia tenta escrever a nossa história de maneira heróica através de filmes nacionais e minisséries perpetua algumas inverdades, pois "uma mentira repetida várias vezes se torna uma verdade".


Nos anos 90 enquanto a juventude de cara pintada empolgada com a conquista de voto aos 16 anos acreditava que comandava o impeachment de Fernando Collor, pois iria mudar o mundo e ter carteira de habilitação antes dos 18 anos, a rede Globo induzia essa participação dos jovens em passeatas exibindo Anos Rebeldes em seu horário nobre, que justificava romanticamente a ideologia política dos atentados terroristas nas décadas de 60 e 70 cometidos pelos filhos da elite que hoje comanda o país.


A ideologia do séc. XXI é outra. Hoje a sociedade se mobiliza fazendo passeatas e manifestações pedindo paz, consciência ecológica, preservação do planeta, redução da maioridade penal e etc. Mudou realmente alguma coisa, ou foi apenas a ideologia? A corrupção ou a violência diminuíram no Brasil? A saúde ou a educação melhoraram nesses 30 anos de democracia? A ditadura acabou ou agora é comandada pela mídia que dita o senso comum? Quem já assistiu Além do Cidadão Kane? Vale a pena assistir esse documentário que está disponível em vídeo no google para entender essa questão.


Infelizmente quando a família, a sociedade e o governo falham na educação o caos se instaura e reina. Resta apenas aos cidadãos de bem ansiar que a polícia ou os militares sejam competentes para fazer o que precisa ser feito. Cadeia é graduação no crime com direitos humanos e estágio remunerado garantidos, visto de onde tudo isso está sendo orquestrado.


PT SAUDAÇÕES


Fontes:


http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://oglobo.globo.com/blogs/arquivos_upload/2010/11/240_2527-blindado.jpg&imgrefurl=http://extra.globo.com/geral/casodepolicia/posts/2010/11/25/marinha-cede-blindados-ao-bope-343781.asp&usg=__cFZfYYJzumNX0OW9U1oJU0FMRvs=&h=266&w=400&sz=21&hl=pt-br&start=1&sig2=XH9beIk88tv2HFuWXHbYwg&zoom=0&itbs=1&tbnid=VHIPCrem6TsE9M:&tbnh=82&tbnw=124&prev=/images%3Fq%3Dblindado%2Brio%2Bde%2Bjaneiro%26hl%3Dpt-br%26safe%3Doff%26sa%3DG%26gbv%3D2%26tbs%3Disch:1&ei=1v_uTI2tI8G78gaOhPGmCg

http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://exame.abril.com.br/assets/pictures/19689/size_590_onibus-fogo-rj-nova.jpg%3F1290781167&imgrefurl=http://exame.abril.com.br/economia/brasil/noticias/especialista-diz-que-conflitos-no-rio-tem-motivacao-financeira&usg=__AI8gFVyfw-uuIdCrdL59Oo4OZoQ=&h=443&w=590&sz=42&hl=pt-br&start=10&sig2=pd2fYXOZlSMf2hfjlMgz0A&zoom=1&itbs=1&tbnid=MmsUiZOY9NRArM:&tbnh=101&tbnw=135&prev=/images%3Fq%3Dconflitos%2Brio%2Bde%2Bjaneiro%26hl%3Dpt-br%26safe%3Doff%26sa%3DG%26gbv%3D2%26tbs%3Disch:1&ei=PNHxTOfKIMH68Ab94IW2Cg


http://www.oreporter.com/detalhes.php?id=33434


http://educaterra.terra.com.br/voltaire/politica/2004/09/24/001.htm


http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/comercio-e-escolas-estao-fechados-em-varios-bairros-20101125.html


http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/veja-a-cobertura-completa-da-onda-de-crimes-no-rio-20101124.html


http://video.google.com.br/videoplay?docid=-570340003958234038&hl=pt-BR#


http://www.ternuma.com.br/aonde.htm#Elizabeth


http://www.suapesquisa.com/musicacultura/anos_60.htm


http://pt.wikipedia.org/wiki/Anos_Rebeldes


http://www4.pucsp.br/fundasp/textos/downloads/O_voto_no_Brasil.pdf


http://ghiraldelli.wordpress.com/2009/12/22/cqc/#more-2060


http://portal.filosofia.pro.br/o-que--ideologia.html


http://interfacepsijus.posterous.com/pronunciamento-de-marcelo-freixo-na-alerj-em


http://www.tvcultura.com.br/aloescola/historia/guerrafria/guerra6/terrorismo2.htm

http://mafiaandco.wordpress.com/2010/11/27/brasil-guerra-do-rio-ja-dura-30-anos-e-nao-vai-acabar-tao-cedo/

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=10&id_noticia=142475

CALEIDOSCÓPIO de 30/11 à 2/12


Na próxima semana tem início o Caleidoscópio no ISERJ.
É um evento gratuito com outorga de certificado.
Compareça!



PROGRAMAÇÃO


Terça-feira – 30 de novembro

MANHÃ

9H – Abertura da exposição dos alunos de Arte Educação: Porta-retratos - Curadoria: profªs. Bia Albernaz, Cida Donato e Valéria Reis.

10H – Mesa – Retratos de um trabalho de vida e arte
Grupo Afro-reggae – Roberto Chaves (projeto “Papo de Responsa”) e Reginaldo Lima (“A arte como forma de mudar”). Mediadora: Profª. Fátima Ornelas.

Presença dos “Chefes do Bombocado”, oferecendo produto e receita a R$ 3,00 (três reais).

TARDE

13H – Apresentação de trabalho: Cartografia da musica brasileira – Coordenação: Profª. Malu Melo.

15H – Sessão de Cinema: O carteiro e o poeta - Profª. Angela Venturini.

NOITE

18H – Oficina Heureca Ateliê – Profª. Hilda Armstrong.

19H – Palestra - Design: uma forma de educação para a vida – Profª. Angela Carvalho.

Quarta-feira - 01 de dezembro

MANHÃ

9H – Teatralização: Paulo Freire em foco – Profª. Thereza Cristina.

10H – Mesa-redonda: Arte, educação e experiência – Profªs. Moema Quintanilha, Angela Carrazedo, Cristina Muniz e Núbia Santos.

TARDE

13H – Teatralização: Paulo Freire em foco – Profª. Thereza Cristina.

15H – Oficinas variadas de arte - Eu, Criança – Profªs. Aurora Ferreira, Regina Mynssen e Sonia Ortiz.

NOITE

18H – Roda de poesia – Profºs. José Jorge e Heloísa Avelar.

19H – Mesa – Retratos de um trabalho de vida e arte – Afro-reggae – Roberto Chaves (projeto “Papo de Responsa”) e Reginaldo Lima (“A arte como forma de mudar”). Mediadora: Profª. Fátima Ornelas.

Quinta-feira - 02 de dezembro

MANHÃ

9H – Palestra e oficina – Retratos da arte na alfabetização de adultos: um novo estilo de vida para ser mais feliz – Profª. Eliane Souza.
O participante deverá trazer: tesoura, cola e encartes de supermercado.


TARDE

13H – Oficina – Professor e aluno como uma orquestra – Profª. Valéria T. C. Reis.

14H – Teatro – O estatuto da criança e do adolescente – Direção: Profª. Soraia Bastos de Brito.

15H – Oficina do corpo – Profª. Maria Patrícia.

16H – Palestra – Noel: Retratos de uma canção – Prof. Luiz Carlos de Morais Junior (Lab. Multimídia).

NOITE

18H – Apresentação de trabalho: Cartografia da musica brasileira – Profª. Malu Melo.

19H – Encerramento – Sarau.






quarta-feira, 3 de novembro de 2010

domingo, 24 de outubro de 2010

Vestibular 2011: Inscrições abertas até 7/11

O Cederj está com inscrições abertas até 7 de novembro para o Vestibular 2011. São 4.521 vagas para os seguintes cursos de graduação a distância: Administração, Administração Pública, Licenciatura em Ciências Biológicas, Licenciatura em Física, Licenciatura em História, Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Pedagogia, Licenciatura em Química, Licenciatura em Turismo e Tecnologia em Sistemas de Computação. Esta é a segunda vez que o curso de Administração Pública é oferecido no Vestibular Cederj. O curso é voltado para aqueles que pretendem seguir carreira no setor público.

sábado, 23 de outubro de 2010

DISCIPLINAS ELETIVAS

Tem uma listagens para inscrição em disciplinas eletivas disponíveis na coordenação de Pedagogia/ CNS
Vai lá conferir...

sábado, 2 de outubro de 2010

CONCURSO DA FAETEC PARA VAGAS EM 2011 TERÁ INSCRIÇÕES NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

Clica no título e confere as vagas
As inscrições vão até 10 de novembro.
Boa Sorte!

DISPUTA DE BANDAS NO ISERJ

Ainda não é oficial, mas parece que em outubro vai rolar uma disputa de bandas no Teatro Fernando de Azevedo - ISERJ. Assim que receber uma confirmação dessa informação atualizo esse post com os critérios de inscrições, o dia e hora desse evento que promete ser muito bom e eu não perco por nada. Ñ VAI ROLAR... =[
bjs

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Curso de Brinquedista Hospitalar

Publico: estudantes, profissionais de saúde e educação e pessoas interessadas em atuar em uma Brinquedoteca Hospitalar.Objetivo Geral: Capacitar profissionais para que possam implantar, gerir e trabalhar em Brinquedotecas hospitalares

Objetivos específicos: Capacitar profissional como mediador/facilitador do brincar, favorecendo a interação entre a criança, pais e equipe de saúde; Transmitir referencial teórico básico; Sensibilizar os participantes sobre o impacto que as atividades lúdicas promovem; Refletir sobre seu papel nas ações em saude, especialmente na área de atenção à criança; Vivenciar brincadeiras e atividades que favorecerão o desenvolvimento psicomotor, sócio-cognitivo, afetivo, a expressão livre e interação social do grupo.

Local: UERJ, auditório 71, 7ºandar - CEPUERJ - UERJ - BrinQsaudeDias: 06, 07 e 08 de outubro de 08:00 às 18:00horas - 30hs Valor: estudantes R$ 150,00 e profissionais: R$ 180,00

É o 1º curso de Brinquedista Hospitalar a ser realizado no RJ. Está ligado ao CEPUERJ, curso de extensão. A inscrição será on line.

Terá o apoio da Associação Brasileira de Brinquedotecas.


Valorizando a Lei 11.104/2005 q dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de brinquedotecas nas unidades de saude q ofereçam atendimento pediatrico em regime de internação.

Alguns temas a serem abordados: A Importância da Brinquedoteca para o Hospital Universitário;Integração família-equipe na Brinquedoteca: uma visão internacional; Neurodesenvolvimento Infantil; Sensibilização para ludicidade e qualidade de vida; Recomendações sobre seleção de brinquedos, materias ludicos e recursos específicos;A Necessidade de atividades artísticas na Brinquedoteca hospitalar; Viva e Deixe Viver:Contadores de História; Sucata na brinquedoteca Hospitalar; Cuidando do Cuidador; Terapia Recreativa; Cuidados com a Infecção Hospitalar;Importância do lúdico na formação dos alunos na area de saúde e educação; Cantinho da Fantasia: linguagem artística das roupas; Festa do Sapo: Brinquedo terapeutico; Brinquedoteca do HUPE - Que espaço é esse? Lei da Brinquedoteca e Carta da Criança Hospitalizada;Aspectos psicopedagógicos na Brinquedoteca Hospitalar; Quem brinca, como brinca e onde brinca?;Oficinas de Criativas na Brinquedoteca Hospitalar; Emabrinq: Transformando historias em brinquedos; Humanização para brinquedistas; Atividades Criativas com Papel; Sensações, sentimentos e emoções da criança hospitalizada e sua família; Caracteristicas Necessarias ao Brinquedista.



Formulário de Inscrição para Seleção.
Período de Inscrição: 13/09/2010 a 04/10/2010
mais informações?
clica no título desse post...
bjs

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

SITE PEDAGOGIA ISERJ

Demorou um pouco, mas consegui abrir um site e a ideia é ir registrando lá a história da Pedagogia no ISERJ, juntando todas as informações e redirecionamentos num link só.
Para visitá-lo basta clicar no título deste post.

domingo, 26 de setembro de 2010

DIÁLOGOS EM FORMAÇÃO



Esse evento trará para o ISERJ informações e debates sobre o tema: "Pensando Estágio na Educação" e abordará que tipo de estágio o ISERJ oferece, valor das bolsas...

O evento é gratuito, terá lista de presença e certificados.

Dia 29 de Setembro às 10h e 18h na sala 300

CALEIDOSCÓPIO - SEMINÁRIO SOBRE ARTE NA EDUCAÇÃO


Caleidoscópio - Facetas da Arte na Educação

Título: Retratos da gente, retratos dos lugares.

Data: 30 de novembro a 02 de dezembro de 2010

Horário: Manhã, tarde e noite

  1. Caso conheçam quem tenha interesse em propor atividade, repassem este link para baixar a ficha de inscrição http://groups.google.com.br/group/caleidoscopio-iserj?hl=pt-BR ;
  2. O participante deve fazer o download da ficha de inscrição, preenchê-la e salvá-la em seu computador. Após estes procedimentos, enviar um e-mail para caleidoscopioiserj@gmail.com e anexar a ficha de inscrição devidamente preenchida
  3. O prazo para entrega desta ficha é até o dia 17 de outubro.

Grupos do Google
Participe do grupo CALEIDOSCÓPIO ISERJ
E-mail:
Visitar este grupo

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

ENCCEJA - inscrições até 26 de setembro

As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, o Encceja 2010, estão abertas e podem ser realizadas até as 23h59 do próximo domingo, dia 26 de setembro. Os interessados em obter o certificado de conclusão do ensino fundamental devem se inscrever, exclusivamente pela Internet, na página http://inscricao.encceja.inep.gov.br. As provas serão realizadas em 12 de dezembro deste ano.O Encceja é uma avaliação voluntária e gratuita, destinada às pessoas que não tiveram oportunidade de concluir os estudos na idade curricular apropriada. Para ter direito à certificação, o candidato precisa ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame. No ato da inscrição, os interessados poderão selecionar uma ou mais áreas de conhecimento para participar. O exame é formado por quatro provas: prova I - Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna (Inglês), Artes, Educação Física e Redação; prova II - Matemática; prova III - História e Geografia; e prova IV - Ciências Naturais.

http://www.conexaoaluno.rj.gov.br/encceja.asp

CONCURSO PÚBLICO FAETEC

1159 vagas até outubro
Qui, 23 de Setembro de 2010 12:51
A Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC), vinculada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECT), que oferece educação profissional gratuita, em diversos níveis de ensino à população do Estado do Rio de Janeiro, irá realizar concurso público até o final de 2010.
Foram autorizadas pelo governador no dia 3 de setembro, 209 vagas para técnico-administrativo e 940 para o magistério e área pedagógica. Os vencimentos variam entre R$ 955,77 e R$ 2.681,09. Além da estabilidade, assegurada pelo regime estatutário, há o plano de cargos e salários, que prevê a progressão de acordo com o tempo de serviço, a cada dois anos e por titulação.
A Fundação Ceperj será a organizadora da prova, com previsão de ocorrer até o final de novembro.
A Faetec foi criada em 10 de junho de 1997 e reúne unidades de educação infantil, ensino fundamental, profissionalizante, técnico e superior.

Confira a tabela de vagas:

http://www.faetec.rj.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1323:concurso-publico-faetec-1159-vagas-ate-outubro&catid=37:noticias&Itemid=15

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Encontro das Memórias e Narrativas Docentes 2010

17 de Setembro de 2010
8 às 18 horas
Faculdade de Educação da UFF
Campos do Gragoatá - Bloco D

Mesa de Debates às 9 horas
Cultura da repetência e aprovação automática:
antônimos ou sinônimos?
Maria de Lourdes Sá Earp (UCP)
Claudia Fernandes (UNIRIO)

Inscrições no local

Contato: rejany.projetociclos@gmail.com
www.uff.br/ciclosmemoriasdocentes

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Uerj recebe VIII Jornada Internacional sobre a Violência contra as Crianças

Rio - O Serviço de Psicologia Aplicada (SPA) do Instituto de Psicologia da Universidade estadual do Rio de Janeiro (Uerj) promoverá, nos dias 16 e 17 de setembro, das 9h às 18h, a VIII Jornada Internacional sobre a Violência contra as Crianças - Teoria e Prática.

O evento faz parte do Projeto de Capacitação e Treinamento para o trabalho com crianças vítimas de violência e será realizado no 9° andar, Auditório 91 - Pavilhão Reitor João Lyra Filho. As inscrições poderão ser feitas na sala 10.026 - Bloco E - às terças, quartas e quintas-feiras, a partir das 10h e também no primeiro dia do evento.
http://odia.terra.com.br/portal/educacao/html/2010/8/uerj_recebe_viii_jornada_internacional_sobre_a_violencia_contra_as_criancas_104139.html


Outras informações podem ser obtidas pelos telefones: 2334-0033/2334-0108/2334-0707

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

III CAIS - PETRÓPOLIS

Apesar do sol estava muito frio


Espetáculo noturno de luz e som nos jardins do Museu Imperial


Parte da comitiva do ISERJ


Fernando Mota fotografando uma das nossas paletrantes

Prof. Fernando Mota (Diretor da Educação Superior da Faetec); Profª. Drª. Lia Faria (Diretora da Faculdade de Educação da UERJ); Bruno Nascimento (Lions Clube Internacional - Petrópolis) e Profª. Sandra La Cava (UNESA).



Esse congresso realizado no LNCC foi uma oportunidade de amostragem dos diversos projetos de pesquisas e extensão dos Institutos Superiores da Rede FAETEC, e também da organização de um evento, afinal o IV CAIS será no ISERJ.



Os laboratórios do ISTCC-Petrópolis possuem computadores conectados à internet, porém se fez clara a necessidade de suporte técnico especializado durante um evento dessa magnitude, pois as máquinas às vezes falham.


Apesar do contratempo o ISERJ apresentou muito bem os vários pôsteres e projetos.

Formação de professores no contexto da inclusão – Luzia C. N. Araúlo, Laura Jane Messias, Monica Astuto e Elen Cabral;
Memória e história imediata do Curso Normal Superior (CNS) do Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (ISERJ): entre o Normal e a Pedagogia (1997 – 2009) – Heloísa Fabiano dos Santos e Maria Carolina Granato da Silva;
Quem são e o que pensam as crianças do CAP-ISERJ – Prof. Regene Brito Westphal e co-autores;

A enunciação da inclusão na formação de professores – Luzia Cristina Nogueira de Araújo, Elen Maria Gomes Cabral, Márcia Ferreira Lins, Maria Helena Quelhas Tavares Pereira;
A presença masculina na Pedagogia do ISERJ: perfil, motivações e expectativas - Prof. Regene Brito Westphal, Edgard Rosário Filho (bolsista da FAPERJ), Bruno Alves Faria, Giovana Straioto e Kaeline Teixeira Castelo Branco Azevedo;

Aprendendo a ensinar com alunos marcados pelo fracasso escolar - Prof. Margarida;
CNS: retrato da resistência discente - Prof. Angela Maria Venturini;
O ensino de Artes na Escola de Professores do Instituto de Educação (1932-1939) - José Roberto Pereira Peres.




Algumas realidades do IST RIO também merecem destaque. Uma delas é o ambiente virtual de aprendizagem criado para geração de necessidades com colaboração discente. AVA-LC: LINGÜÍSTICA COMPUTACIONAL NA CONSTRUÇÃO DE UM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PARA O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA EM CURSOS DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO http://lingcorpus.com.sapo.pt/ e a outra é um PERIÓDICO ON LINE REVISTA http://www.ist-rio.net/revista/ojs/ onde pesquisadores, professores e alunos têm a oportunidade de publicar seus artigos acadêmico-científicos.

domingo, 5 de setembro de 2010

CALENDÁRIO ELEITORAL 2010

Definido o Calendário Eleitoral:

INCRIÇÕES: De 8 a 13 de Setembro;
CAMPANHA: De 14 a 20 de Setembro;
ELEIÇÕES: De 21 a 23 de Setembro;
APURAÇÃO E POSSE: 24 de Setembro.

Eleição para o Centro Acadêmico Cecilia Meireles;
Eleição para orgãos de representação;
- Conselho Acadêmico
- Conselho Diretor

V COLÓQUIO INTERNACIONAL DE FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO

“Devir-criança da filosofia: infância da educação”

De 7 à 10 de Setembro de 2010

UERJ, Campus Maracanã, 12º Andar Bloco “F”
Sala 12058 Ateliê “Infância e Filosofia”


ENTRADA LIVRE



PÚBLICO ALVO:

Estudantes, professores e pesquisadores da Educação, da Filosofia e das Ciências Humanas e Sociais, de modo geral. Em particular, pesquisadores e alunos que vislumbram, na reflexão filosófica dos temas educacionais, um apoio para suas interrogações; professores da disciplina Filosofia da Educação nas licenciaturas e nos bacharelados de Pedagogia; e professores de ensino fundamental e médio de escolas públicas e particulares, interessados na dimensão filosófica de sua prática.

Estive dando uma olhada rápida na programação e descobri que Quinta-feira, 09 de setembro tem gente nossa lá.

Sessões Temáticas II - Salas do 12º andar, Bloco “F” de 08:30 H – 12:30 H,

Sala 3
Poesia e filosofia em “O mistério do coelho pensante”, de Clarice Lispector, Maria Beatriz Albernaz, Instituto Superior de Educação – ISERJ

Sala 5:
O devir-criança em três tempos: Heráclito, Nietzsche e Deleuze, Márcio Sales da Silva, Universidade do Estado
do Rio de Janeiro – UERJ (mas nas horas vagas além de ser músico tb é filósofo lá no ISERJ...rs)



mais informações:
http://www.filoeduc.org/infancia/ ou clik no título desse post.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

1º TROTE DE PEDAGOGIA ISERJ

A muito custo conseguimos convencê-lo a deixar-se pintar...

Meninas prontas para pedir dinheiro na rua

Lanchinho no Centro Acadêmico Cecília Meireles, o empadão de frango da caloura estava divinooo!!!


Parabéns futuras pedagogas!


Eles estavam com medinho do mico... mas nós veteranos velhos de guerra pegamos leve e não barbarizamos ninguém...SEJAM BEM-VINDOS À PEDAGOGIA CALOUROS!!!! E que os próximos trotes no ISERJ mantenham o mesmo espírito desse primeiro, apenas Confraternização e União.



Walter, o fotógrafo oficial desse momento épico.



Na entrada principal as meninas fazendo pose entre os posters de Anísio Teixeira em comemoração dos 130 anos da nossa Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro.


No pátio central com o nosso chafariz (seco)


Foi muito legal esse entrosamento entre calouros e veteranos. Foi um trote do bem, sem excessos, apenas simbolizando um rito de passagem.


O objetivo desse 1º trote foi recepcionar com alegria os que quisessem participar da brincadeira com direito ao "lanchinho da tia" (trazido por eles é claro...rs) no Centro Acadêmico Cecília Meireles, mas a Coca-Cola e a guache foi por conta dos veteranos.


Teve um grupo de meninas que foi de cara pintada para a rua pedir dinheiro, e até conseguiu algum trocado, mas eu aposto que a merrequinha arrecadada já foi gasta na Mila nesse primeiro mês.


sábado, 21 de agosto de 2010

FUNDAÇÃO MUDES - ESTÁGIOS

Vagas nas áreas de Psicologia, Pedagogia e Comunicação Social
Por Coordenação de Comunicação Social

A Fundação Mudes seleciona estudantes dos cursos de Psicologia, Pedagogia e Comunicação Social ( Marketing, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda) a partir do 3º período, para estagiar no Centro do Rio de Janeiro.

Atividades: Auxiliar no atendimento social e nos processos de triagem, apoio na orientação aos usuários dos serviços prestados pela DP, auxílio no cadastro dos usuários, suporte no atendimento telefônico.

Será oferecido:
Bolsa auxílio + auxílio transporte
Horário:
10h às 16h ou 16h às 22hs

Os candidatos devem comparecer a Fundação Mudes – Av. Nilo Peçanha, 11/ 5º andar, Castelo- Centro/ RJ- portando currículo, comprovante de escolaridade e o código: 29303


http://www.mudes.org.br/home/canal_estudante/conteudo.asp?pub=519&ID=22&ORIGEM=1

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

ATENÇÃO! PRÓXIMO CURSO DO PROALE NO 2º SEMESTRE DE 2010:

O TRABALHO COM A LINGUAGEM NA ESCOLA EM SEUS USOS E FUNÇÕES SOCIAIS:
A EDUCAÇÃO INFANTIL

Inscrições gratuitas!

Período de inscrições: a partir de 16 de agosto de 2010, das 9h às 17h, na sala do PROALE (sala 405/ bloco D), Campus do Gragoatá, São Domingos, Niterói, enquanto houver vagas.

Período e local de realização: de 19 de agosto a 28 de outubro, sempre às quintas-feiras à tarde, das 14h às 17h, na sala 316, bloco D, Campus do Gragoatá.

Carga horária total: 30 horas

Ementa: Concepção de infância e espacialidades. A experiência da multi-idade na Educação Infantil. A experiência do trabalho por projetos na Creche UFF. Projetos no ensino de Ciências. O trabalho com a linguagem matemática. O que leem os profissionais de Educação Infantil. Os temas polêmicos na literatura destinada a crianças em idade pré-escolar. O lugar da poesia na Educação Infantil. O livro brinquedo: sua leitura, suas possibilidades.

Importante: Serão conferidos certificados aos participantes que tiverem 75% de frequência.


By Renata Rodrigues - Graduanda de Pedagogia - UFRJ

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

PROFESSOR – UMA ESPÉCIE EM EXTINÇÃO

Por Verônica Dutenkefer (20/06/2009)

Esse texto que escrevo precisamente agora é mais um desabafo.
Desabafo de uma profissional que está lecionando há mais de 22 anos e que não sabe se sobreviverá por mais dez anos, que é o tempo que ainda precisará trabalhar (por mais que ame muito o que faz).


Trago comigo muitas perguntas que não querem calar. E talvez a mais inquietante seja: O que será necessário acontecer para se fazer uma reforma educacional neste país???? Constantemente, ouço ou leio reportagens com as autoridades educacionais proclamarem a má formação de seus professores. Culpando as universidades, a falta de cursos de formação e culpando-nos, evidentemente.

Questionamentos:
Como um professor de escola pública pode fazer o seu trabalho se ele precisa ficar constantemente parando sua aula para separar a briga entre os alunos, socorrer seu aluno que foi ferido por outro aluno, planejar várias aulas para se trabalhar os bons hábitos, na tentativa vã de se formar cidadãos mais conscientes e de melhor caráter?

Nos cursos de formação nos é passado constantemente a recusa de um programa tradicional e conteudista, mas nossas avaliações de desempenho das escolas, nossos vestibulares e concursos públicos ainda são tradicionais e nos cobram o conteúdo de cada disciplina. Como pode num país.....num estado...num município haver regras tão diferentes entre a rede particular e pública?

Na rede particular as escolas continuam conteudistas, há a seriação com reprovação, a escola pode suspender ou até mesmo expulsar um aluno que não esteja respeitando as regras daquela instituição. A rede pública vive mudando o enfoque pedagógico (de acordo com o partido que ganhou as eleições), é cobrado cada vez menos do aluno, não se pode fazer absolutamente nada com um aluno indisciplinado que até mesmo coloca em risco a segurança de outros alunos e funcionários daquela instituição..

Dia a dia...minuto a minuto... os professores são alvos de agressões verbais e até mesmo físicas pelos alunos. A cada dia somos submetidos a níveis de stress insuportáveis para um ser humano. Temos que dar conta do conteúdo a ser ensinado + sermos responsáveis pela segurança física de nossos alunos + sermos médicos + enfermeiros + psicólogos + assistentes sociais + dentistas + psiquiatras + mãe + pai ...... E, quando ameaçados de morte, se recorremos a uma delegacia pra fazer um boletim de ocorrência ouvimos: “Isto não vai adiantar nada!”

Meus bons alunos presenciam o mau aluno fazendo tudo o que não pode ser feito e não acontecendo nada com ele. É o exemplo da impunidade desde a infância... Meus bons alunos presenciam que o aluno que não fez absolutamente nada durante o ano, passou de ano como ele, que se esforçou e foi responsável. Houve um ano que eu tinha um aluno que era muito bom. E ele começou a faltar muito e ir mal na escola. Os colegas diziam que ele ficava empinando pipa ao invés de ir pra escola. Um dia, tive uma conversa com ele, e perguntei o que estava acontecendo? E ele me disse: “Prá que eu vou vir prá escola se eu vou passar de ano mesmo assim?” Então eu procurei aconselhar (como faço com meus alunos até hoje) que ele devia frequentar a escola, não para tirar notas boas nas provas ou passar de ano. Ele deveria vir à escola para aumentar seu conhecimento que é o único bem que ninguém poderá roubar.Que a escola iria ajudá-lo a aprender e trocar conhecimentos com os outros e ajudá-lo a dar uma melhor formação na vida.. Depois dessa conversa ele não faltou mais tanto...mas nunca mais voltou a ser o excelente aluno que era.

Qual a motivação de ser bom aluno hoje em dia? Seus ídolos são jogadores de futebol que não falam o português corretamente e que não hesitam em agredir seus colegas jogadores e até mesmo os árbitros. Ensinando que não é necessário haver respeito às autoridades e aos outros. Ou são dançarinas que mostram seu corpo rebolando na televisão e posando nuas para ganhar dinheiro. Para quê eu me matar de estudar se há tantas profissões que não são valorizados e nem respeitadas? ??

Conheci (e ainda conheço e convivo) ao longo de minha carreira na escola pública, inúmeros profissionais maravilhosos. Pessoas que amam a sua profissão, que se preocupam com seus alunos, que fazem trabalhos excepcionais. Que possuem um conhecimento e formação excelentes, mas que estão desgastados e quase arrasados diante da atual situação educacional.

Li, há poucos dias, num artigo que os cursos de filosofia, matemática, química, biologia e outros todos ligados à área de magistério não estão tendo procura nas universidades. Lógico!!!!!Quem é que quer ser professor??? ?????? Quem é que quer entrar numa carreira que está sendo extinta, não só pela total desvalorização e respeito, mas também pela falta de segurança que estamos enfrentando nas escolas?

Fiquei indignada com uma reportagem na TV (que aliás adora fazer reportagens sensacionalistas colocando o professor sempre como vilão da história) em que relatava que numa escola um aluno ameaçava os outros com um revólver e, num determinado momento, o repórter perguntou:”Onde estava o professor que não viu isso??!!” E agora eu pergunto: “O que se espera de um professor (ou de qualquer ser humano), que se faça com uma arma apontada pra você ou pra outro ser humano??? Ah...já sei...o professor deveria enfrentar as balas do revólver!!!! Claro!!!

As universidades e os cursos de aperfeiçoamento de professores não estão nos ensinando isso.. Vocês tem conhecimento de como os professores de nosso país estão adoecendo??? ?
Vocês sabem o que é enfrentar o stress que a violência moral e física tem nos submetido dia a dia?
Você sabe o que é ouvir de um pai frases assim:
“Meu filho mentiu, mas ele é apenas uma criança!”
“Eu não sei mais o que fazer com o meu filho!”
“Você está passando muita lição para meu filho, e ele é apenas uma criança!”
“Ele agrediu o coleguinha, mas não foi ele quem começou.”
“Meu filho destruiu a escola, mas não fez isso sozinho!”

Classes super lotadas, falta de material pedagógico, espaço físico destruído, violência, desperdício de merenda, desperdício de material escolar que eles recebem e, muitas vezes, não valorizam (afinal eles não precisam fazer absolutamente nada para merecê-los), brigas por causa do “Leve-leite” (o aluno não pode faltar muito, não por que isso prejudica sua aprendizagem, mas porque senão ele não leva o leite.) Regras educacionais dissonantes de acordo com a classe social dos alunos. Impunidade. Mas a educação não vai bem, por causa do professor..

Encerro esse desabafo com essa pergunta que li há poucos dias: Essa pergunta foi a vencedora em um congresso sobre vida sustentável.
"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

O BOM NESTE PAÍS É SER POLITICO. APOSENTA-SE COM 8 ANOS DE "TRABALHO(?) ", E QUE SALÁRIO!!! (sem contar que não precisa grande formação acadêmica pra isto, infelizmente...)

By Ricardo - Graduando de Pedagogia - ISERJ

quinta-feira, 29 de julho de 2010

CONTRATAÇÃO IMEDIATA - POLÍCIA CIVIL

Função administrativa, contratação imediata por meio da empresa FACILITY para trabalhar nos quadros da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.

Atividades a serem realizadas:
O empregado terá envolvimento direto na fase preparatória para a aquisição de materiais e contratação de serviços, estabelecendo contato com fornecedores, elaborando tabelas, redigindo documentos oficiais, realizando cálculos, inventariando materiais, exercendo funções relacionadas a protocolo e almoxerifado, além de outras atividades afins.

Conecimentos Essenciais:

Domínio de software Windows
Domínio de pacote Office
Língua Portiguesa (norma culta)
Digitação

Caracterírsticas necessárias:
Disciplina
Organizaçãp
Iniciativa

Instrução mínima: Nível superior incompleto
Remuneração: A ser combinada.
Benefícios: Rio Card e Ticket Restaurante.
horário de trabalho:: 08:00 às 17::48 (intervalo de almoço de 1 (uma) hora.
Local de trabalho: Rua Aristides Caire, nº80 - Méier ou Rua Leopoldo, nº351 - Andaraí

Os interessados deverão entrar em contato pelo telefone 2332-8405 para agendar entrevista e enviar curriculo para o e-mail
anaferreira@pcivil.rj.gov.br ou giuseppe@pcivil.rj.gov.br

BOA SORTE!

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Exposição Energia Nuclear vai até 18 de julho


A Casa da Ciência da UFRJ e a Comissão Nacional de Energia Nuclear prorrogaram, até o dia 18 de julho, a exposição Energia Nuclear. As visitas acontecem de terça a sexta, das 9h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h. A entrada é gratuita. Para participar, as escolas devem agendar com antecedência pelos telefones 2598-3051 e 2542-7494.
Durante a mostra, que faz parte das comemorações dos 15 anos da Casa da Ciência, é possível fazer um passeio por diferentes módulos, como Radiação Natural, Tabela Periódica, Contador Geiger, Mapa Mundi e Ciclo de Combustível. O espaço é interativo com várias atividades para conhecer, debater, opinar e reconhecer a presença da energia nuclear na natureza e no cotidiano.
Para mais informações, acesse:
www.casadaciencia.ufrj.br e www.twitter.com/casadaciencia.


domingo, 11 de julho de 2010

ESTÁGIO

É só comparecer ao CRE mais próximo de sua residencia ou faculdade e procurar saber qual o projeto que se tem e que vc tenha interesse.

ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO (não conta horas de estágio) OPCIONAL REMUNERADO, conforme convênio nº336/2009, firmado entre o Município, através da Secretaria Municipal de Educação e a Instituição de Ensino (ISERJ).

E/SUBE/1a.CRE Coordenadora: LUCIA HELENA DOS ANJOS PORTO Rua Edgard Gordilho 63 Praça Mauá.
Bairros: Cidade Nova. São Cristóvão - Tuiuti. Santo Cristo. Saúde. Rio Comprido. Paquetá. Centro. Santa Teresa. Praça Mauá. Praça Onze. Bairro De Fátima. Vasco da Gama. Gamboa. Rio Comprido - Turano. Mangueira - Morro dos Telégrafos. São Cristóvão. Santa Teresa - Morro dos Prazeres. Mangueira. Benfica. Catumbi. Caju. Estácio.

E/SUBE/2a.CRE Coordenadora: MARIA INEZ ZAIN BRAZUNA Pça. General Álcio Souto S/N Lagoa.
Bairros: Leblon. Vidigal. Rio Comprido. Jardim Botânico. Glória. Andaraí - Morro do Andaraí. Botafogo. Alto Boa Vista. Grajaú - Morro Nova Divinéia. Tijuca - Andaraí. Leme. Tijuca - Comunidade Chacrinha. Gávea. Vila Isabel. Tijuca. Grajaú. Usina. Catete. Urca. Ipanema. Copacabana - Morro dos Cabritos. Copacabana. Lagoa. Flamengo. Laranjeiras. Cosme Velho. Praia Vermelha. Praça Da Bandeira. Humaitá. Andaraí - Jamelão. São Conrado. Maracanã. Rocinha. Andaraí.

E/SUBE/3a.CRE Coordenadora: MARIA DO AMPARO MIRANDA REIS Rua 24 de Maio 931 Fundos Engenho Novo.
Bairros:Engenho De Dentro. Méier. Tomás Coelho. Abolição. Todos os Santos. Pilares. Del Castilho. Largo do Jacaré. Água Santa. Engenho Da Rainha. Jacarezinho. Piedade. Cachambi. Maria Da Graça. Bonsucesso. Jacaré. Inhaúma. Sampaio. Lins de Vasconcelos. Engenho Novo. Encantado. Rocha. Higienópolis. Complexo do Alemão - Ramos. Riachuelo.

E/SUBE/4a.CRE MARIA VALERIA PINTO MEDICI Estrada dos Maracajás 1294 Ilha do Governador.
Bairros: Manguinhos. Penha. J.Guanabara. Freguesia. Itacolomi. Parada de Lucas. Cordovil. Moneró. J. Carioca. Praça da Bandeira. Jardim América. Cocotá. Benfica. Ilha do Governador. Brás de Pina. Bonsucesso. Bancários. Penha Circular. J. Guanabara. Vila Da Penha. Zumbi. Vila do João / Maré. Vigário Geral. Praça Do Carmo/Penha. Brás De Pina. Ramos. Galeão. Portuguesa. Olaria. Pitangueiras. Tubiacanga. Guarabu. Tauá. C. Universitária.

E/SUBE/5a.CRE Coordenadora: CELIA REGINA NAPOLE Rua Marupiara s/nº Rocha Miranda.
Bairros: Cavalcante. Colégio. Quintino Bocaiúva. Bento Ribeiro. Rocha Miranda. Vila Da Penha. Honório Gurgel. Campinho. Vicente de Carvalho. _. Vaz Lobo. Cascadura. Osvaldo Cruz. Vila Kosmos. Madureira. Marechal Hermes. Vila Kosmos. Turiaçu. Irajá. Vista Alegre.

E/SUBE/6a.CRE DEOLINDA SILVA MONTENEGRO Rua dos Abacates S/N Deodoro.

Bairros: Coelho Neto. Barros Filho. Pavuna. Parque Anchieta. Ricardo de Albuquerque. Anchieta. Irajá. Guadalupe. Deodoro. Costa Barros. Acari.

E/SUBE/7a.CRE Coordenadora: IGNEZITA MONTEIRO DANTAS Av. Ayrton Senna 2001 Barra da Tijuca.
Bairros: Anil. Freguesia. Vargem Grande. Recreio dos Bandeirantes. Gardênia Azul. Praça Seca. Itanhangá. Jacarepaguá - Taquara. Rio das Pedras - Jacarepaguá. Jacarepaguá. Pechincha. Vargem Pequena. Taquara. Tanque. Barra da Tijuca. Camorim. Vila Valqueire. Cidade De Deus. Anil -Jacarepaguá. Rio Das Pedras. Curicica.

E/SUBE/8a.CRE SONIA DE ARAUJO MARQUES Rua Biarritz 31 Bangu.

Bairros: Santíssimo. Senador Camará. Realengo. Bangu. Sulacap. Magalhães Bastos. Deodoro. Guadalupe. G. Da Silveira. Vila Militar. Jabour. Padre Miguel. Vila Kennedy.

E/SUBE/9a.CRE Coordenadora: ALIANE VERA FERREIRA PEREIRA Rua Amaral Costa 140 Campo Grande.
Bairros: Santíssimo. Cosmos. Campo Grande. Senador Vasconcelos. Inhoaíba. Nova Iguaçú.

E/SUBE/10a.CRE Coordenadora: MARIA DAS GRACAS MULLER DE OLIVEIRA GONCALVES Av. Padre Guilherme Decaminada 71 Santa Cruz.
Bairros: Sepetiba. Santa Cruz. Guaratiba. Jardim dos Vieiras, Paciência. Barra De Guaratiba. Paciência. GUARATIBA. Cosmos. Pedra de Guaratiba. Ilha De Guaratiba. S. Fernando Santa Cruz.

By Maria da Conceição - Graduanda de Pedagogia - ISERJ

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Cursos de Educação a Distância da Faetec tem inscrição nesta segunda

Repassando oportunidades a quem precisa de capacitação para entrar no mercado de trabalho.


RIO DE JANEIRO - Os polos de Educação a Distância (EAD) da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) abrem inscrições a partir desta segunda-feira (28/6) para vagas em cursos de formação inicial e continuada. Estes cursos são ministrados na modalidade semipresencial: o aluno recebe o material didático e estuda em casa, no trabalho ou em qualquer lugar onde possa acessar a internet. Semanalmente, são agendadas aulas práticas na unidade para a qual fez a inscrição. São oportunidades para capacitação em auxiliar de escritório, básico em eletricista predial, bombeiro hidráulico, manutenção de eletro-eletrônicos, montagem e manutenção de micro computadores, operador de telemarketing e promotor de vendas. As inscrições são gratuitas, assim como os cursos e o material didático, e devem ser feitas diretamente na unidade onde o aluno pretende frequentar as aulas práticas, no período de 28 de junho a 10 de julho de 2010, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. O sorteio das vagas será no dia 12 de julho, e a matrícula dos sorteados, no período de 13 a 17 de julho. Os endereços das unidades são: Centro de Educação Tecnológica e Profissionalizante (CETEP) Belford Roxo, Rua Sargento Honório Leite Porto, s/n, São Vicente - Belford Roxo; CETEP Imbariê, Rua Almirante Cochrane, 12, Santa Lúcia; CETEP Irajá, estrada da Água Grande, 87, Irajá; CETEP Santa Cruz, Largo do Bodegão, 46, Santa Cruz; CETEP São Gonçalo, Avenida Lúcio Tomé de Feteira, s/n, Vila Lage - São Gonçalo e, CETEP Vilar dos Teles, rua Cézar Lemos, 22 - loja 14, Vilar dos Teles - São João de Meriti. Mais informações pelo telefone (21) 2332-4083 ou no site
www.faetec.rj.gov.br/dif/ead.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Curso de Contadores de História - GRATUITO

A magia de contar histórias - Com Claudia Gomes Biblioteca Popular Municipal do Grajaú

Confirmação de inscrição Data: 04/08 a 17/11/2010 (Toda 4ª feira)
Horário: 14:00 as 17:00
Público : Educadores, Bibliotecários e demais interessados.
Vagas: 25 pessoas -
Valor: Gratuito
Nº de aulas: 16 (48h) -
Nº de faltas: 3 (1 por mês)
Aulas teóricas e práticas - Roupas confortáveis
Com Certificado
Rua José Vicente 55 Grajaú RJ Tel: 2214-30-27

Contato:
claudiacantoeconto@yahoo.com.br
claudiadomaior@hotmail.com
mailto:bibgrajaú@hotmail.com

By Morgana Gomes Gonçalves - Graduanda do Normal Superior - ISERJ

segunda-feira, 21 de junho de 2010

"Cada dia traz sua alegria e sua pena, e também sua lição proveitosa"


"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais."

José de Sousa Saramago (1922 - 2010) é um escritor português galardoado com o Nobel da Literatura em 1988.




sexta-feira, 18 de junho de 2010

Edital do Vestibular de Pedagogia do ISERJ – 2010/2



Inscrições até 25 de junho e prova dia 18 de julho de 2010

Mais informações

http://iserj.net ou http://www.faetec.rj.gov.br

utilize a busca dos sites por 'PEDAGOGIA" ou "VESTIBULAR"

Vestibulares anteriores com gabarito disponíveis no orkut

comunidade VESTIBULAR - FAETEC - ISERJ

http://www.orkut.com.br/Main#Community?rl=cpp&cmm=95753637

CONPET - PETROBRAS


As inscrições estão abertas na direção do ISERJ.
Será no dia 30 de junho de 7h às 17h.
A proposta deste projeto é mobilizar professores e funcionários das escolas oficiais e privadas, realizando OFICINAS DE TRABALHO sobre os temas centrais: ENERGIA, MEIO AMBIENTE E SOCIEDADE.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

IDEOLOGIA É A NEGAÇÃO DO PENSAMENTO - Rubem Alves "Bobagens Obrigatórias"







ALVES, Rubem. Pinóquio às avessas: uma história sobre crianças e escolas para pais e professores. Campinas, SP: Verus Editora, 2005.


http://www.construirnoticias.com.br/asp/materia.asp?id=1210

Rubem Alves — Pedagogo, poeta e filósofo, cronista do cotidiano, contador de histórias, ensaísta, teólogo, acadêmico, autor de livros e psicanalista, é considerado um dos intelectuais mais famosos e respeitados do Brasil. Campinense de Letras, é professor emérito da Unicamp e cidadão honorário de Campinas, onde recebeu a Medalha Carlos Gomes de contribuição à cultura.












Ideologia na cartilha - http://veja.abril.com.br/acervodigital/
Edição 2158

Pág. 116 VEJA 31 de março de 2010


"Agora obrigatórias no ensino médio brasileiro, as aulas de sociologia e filosofia abusam de conceitos rasos e tom panfletário. Matemática que é bom..."

[...]

Ao obrigar as escolas a ensinar sociologia e filosofia a todos os alunos, o Brasil se junta à maioria dos países da América Latina - e se distancia dos mais avançados em sala de aula, que oferecem essas disciplinas apenas como eletivas. Deixá-las de fora da grade fixa é uma decisão que se baseia no que a experiência já provou. Resume o economista C. M. C. (...rs...nego-me a reproduzir determinados nomes!) articulista de VEJA e especialista em educação: "Os países mais desenvolvidos já entenderam há muito tempo que é absolutamente irreal esperar que todos os estudantes de ensino médio alcancem a complexidade mínima dos temas da sociologia ou da filosofia - ainda mais num país em que os alunos acumulam tantas deficiências básicas, como o Brasil".






Construtivismo e Desconstrutivismo - http://veja.abril.com.br/acervodigital/
Edição 2161 / 21 de abril de 2010
pág. 24

"O construtivismo é uma hipótese teórica atraente e que pode ser útil na sala de aula. Mas, nos seus desdobramentos espúrios, vira uma cruzada religiosa, claramente nefasta ao ensino"

Salto no Escuro - http://veja.abril.com.br/acervodigital/
Edição2164 / 12 de maio de 2010
pág. 118


"Em um país como o Brasil, onde as carências educacionais são agudas, em especial a má formação dos professores, a existência de um método rigoroso, de uma liturgia de ensino na sala de aula, é quase obrigatória. A origem latina da palavra professor deveria ser um guia para todo o processo de aprendizado. O professor é alguém que professa, proclama, atesta e transmite o conhecimento adquirido por ele em uma arte ou ciência. Nada mais longe da realidade brasileira, em que menos da metade dos professores é formada nas disciplinas que ensina."


Contrapondo essas matérias, cujos conteúdos estão disponíveis no site da revista, alguns educadores e estudiosos exerceram seu direito de resposta enviando cartas à redação da Veja, instituições de ensino e jornais.

http://www.colegioemilie.com.br/default.asp?site_Acao=mostraPagina&PaginaId=95&mNoti_Acao=mostraNoticia&noticiaId=155


Tão bom quanto essas cartas foi a resposta de Rubem Alves à "Bobagens Obrigatórias" publicada em 13/04/2010 no jornal FOLHA DE S. PAULO.

Para ler na íntegra a resposta do meu querido Rubem Alves é só clicar no título: IDEOLOGIA É A NEGAÇÃO DO PENSAMENTO...

Boa leitura crítica!

bjs

domingo, 13 de junho de 2010

Festa Julina do ISERJ


No dia 17 de Julho vai acontecer no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro a tradicional festa julina. A professora Cida Donato está organizando os interessados em dançar a quadrilha. Já tem um ensaio marcado para o dia 9 de julho. Procurar a professora ou o seu representante de turma.

domingo, 6 de junho de 2010

Precisa-se de Estagiários (voluntários?)

Os detalhes eu não sei, mas quem estiver interessado em participar, procure a M O R A D A D A E S P E R A N Ç A INSTITUIÇÃO BENEFICENTE DESTINADA AO AMPARO DE MENINAS CARENTES

Rua Barão de Bom Retiro, 1939 – Grajaú – Rio de Janeiro – Sede Própria. - CEP 20.540-340 - Telefone: 2577.1121- CNPJ 30.491.237/0001-83 - Reconhecida de Utilidade Pública Federal, Estadual e Municipal. Fundada em 25/10/1979 E.mail: mdaesperanca@hotmail.com.br - Visite nosso Site: http://www.moradadaesperanca.org.br/

A Morada da Esperança é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, reconhecida de utilidade pública federal, estadual e municipal. Foi criada há 30 anos no Grajaú, para prover dos direitos elementares de cidadania crianças carentes e se mantém de doações voluntárias. Atualmente estamos assistindo 40 meninas carentes, oriundas das favelas da redondeza e de famílias extremamente necessitadas. Durante a permanência delas, fornecemos, gratuitamente, alimentação, além do reforço escolar, apoio pedagógico, psicológico, médico-odontológico, nutricional e de outras atividades educacionais e recreativas, tudo com permanente cuidado e muito carinho. As instalações são excelentes, perfeitamente adequada para esse tipo de trabalho e fornece certificados e declarações de participação aos estagiários.
Oferecem refeições de qualidade as estagiárias...

Eu realmente não entrei em contato com a instituição para saber se é voluntariado, mas mesmo que seja, se você tem tempo disponível a melhor atitude é disponibilizá-lo a quem verdadeiramente precisa.

Oportunidade para Estudantes de Pedagogia

Empresa conceituada no mercado com 16 anos de experiência no segmento de entretenimento infantil seleciona:
RECREADORES
Requisitos:
- Ser estudante, ou graduado nos seguintes cursos: Pedagogia, Educação Física, Letras, Artes e Psicologia- Residir na cidade do Rio de Janeiro- Disponibilidade para trabalhar sábados e domingos- Habilidade para desenvolver atividades recreativas com crianças na faixa de 1 a 10 anos
Aos selecionados será oferecido treinamento inicial e de reciclagem ministrado por Pedagoga com especialização em Psicopedagogia e sólida vivência no mercado.
Os interessados deverão enviar currículo, NO CORPO DA MENSAGEM, aos cuidados de Rosangela para
rhvontadedebrincar@yahoo.com.br, colocando no assunto RECREADOR.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Exposição sobre Einstein termina em 6 de junho




Entrada franca aos domingos e para menores de 5 anos, funcionários do IPHAN, alunos e professores das escolas públicas do governo, maiores de 65 anos, guias de turismo e estudantes de museologia.


O Museu Histórico Nacional tem exposições permanentes.

Funciona de terça à domingo.


Agendamento para escolas públicas e particulares:

Diverte Cultural - 11 3883-9090 ou exposicao@divertecultural.com.br

Escolas particulares agendadas: R$15 por aluno*

Escolas públicas agendadas: isentas de pagamento*

O valor garante o acesso aos seguintes serviços do Programa Educativo: Curso de 3 horas para formação dos professores com material de apoio incluso.

Horário reservado para a visita guiada e os laboratórios de aprendizagem.

Visita guiada por monitores especializados.

Material do aluno para cada um dos participantes.


quinta-feira, 20 de maio de 2010

II CURSO DE EXTENSÃO DO GEFEL

O GEFEL tem como seu principal objetivo investir no aprofundamento dos estudos, na investigação,na reflexão e na criação de práticas mais favoráveis à formação de sujeitos Escritores e Leitores antes e para além do primeiro ano de escolaridade (Classe de Alfabetização).Entendemos que o ato de compartilhar parte de nossos estudos e práticas na Extensão tem se tornado uma valiosa prática, que muito tem contribuído para o nosso processo de reflexão e formação como professoras-pesquisadoras. Este entendimento nos leva a oferecer para a comunidade interna e externa do Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro.

II CURSO DE EXTENSÃO – PRATICAS ALFABETIZADORAS: Oralidade, leitura e escrita
Em muitas situações educacionais evidencia-se a supremacia da escrita sobre a oralidade, apagando as relações profundas que há entre as duas modalidades. As tarefas escolares reservam a maior parte do tempo para o domínio da escrita, dando pouca ênfase ao trabalho com a oralidade. Diante do exposto, nos perguntamos: Quais são as conseqüências dessa ênfase para os processos de alfabetização das crianças das classes populares? Por que investir em praticas alfabetizadoras que considerem a relação entre oralidade, escrita e leitura? Quais ações pedagógicas podem favorecer um trabalho em que a escrita seja considerada mais uma linguagem nos processos de alfabetização dos nossos alunos? Qual o papel da oralidade no desenvolvimento da escrita e a escrita no desenvolvimento da oralidade?

DURAÇÃO:
O curso terá uma carga horária de 60horas. Sendo 48horas em horário presencial e 12 relativas a leituras e trabalhos realizados fora do horário presencial. Os encontros serão organizados por módulos. Cada modulo terá de 2 à 3 aulas. Os encontros serão semanais, aos sábados, das 9 horas às 12hs, de junho a outubro na sala 300 no ISERJ.

MODULOS DO CURSO:
1º modulo Oralidade , Leitura e EscritaDe 5 à 19 de junho(sábados: 5, 12 e 19 de junho)Professoras: Azoilda Trindade, Elaine Matias e Margarida dos Santos

2º módulo Alfabetização MatemáticaDe 26/06 à 10/07Professoras: Mônica Mandarino, Renata Alves e Maria da Penha Eloy

3º módulo Construção do Ambiente LiterárioDe 07/08 à 21/08 (sábados: 07/08, 14/08 e 21/08)Professoras Lívia Pimentel, Zilda Chaves e Cíntia Pio

4º módulo Alfabetização CientificaDe 28/08 à 11/09 (sábados:28/08 , 4/09 e 11/09 )Professoras Sandra Santos, Ana Paula e Solange Coelho

5º módulo Práticas de leitura e escrita na BrinquedotecaDe 18/09 à 25/09Professora : Cristina Muniz, Núbia Santos e Regina Rublesk

CURSO TEM COMO PÚBLICO ALVO: Alunas e alunos do Curso Normal Médio; Alunas e alunos do Curso Normal Superior/Pedagogia; Professores da rede pública e privada; Demais interessados.

INSCRIÇÕES: No primeiro dia do curso, em 05/06 às 8 horas e 30 minutos.

CONTATOS: igasantos @hotmail.comTel (021)31053642/ 92792111

quarta-feira, 21 de abril de 2010

I JORNADA DE PESQUISA E EXTENSÃO DO ISERJ


Uma oportunidade aos graduandos do Curso Normal Superior e Pedagogia conhecerem os projetos do nosso Instituto Superior de Educação e também apresentarem seus trabalhos acadêmicos.


DIVULGUEM!!!

10 de maio - segunda-feira

Noite


Abertura
19:00h- Direção e coordenação do ensino superior

Mesa Redonda
19:30h –Novo Plano Nacional de Educação (2011-2021): entre a utopia e a realidade

Profa. Dra. Sandra Santos (diretora do ISERJ)
Prof. Alexandre Nascimento (diretor da ETEOT)
Flávia Calé (Presidente da UEE-RJ)




11 de maio - terça-feira

Manhã

Dramatização
7:30h - Juri Simulado: A educação jesuítica no período colonial

Prof. José Luiz e discentes do segundo período (ISERJ)


Palestra
10h - A importância da pesquisa na formação docente
Profa. Dra. Mônica P. dos Santos (UFRJ)



Tarde

Oficina
Profa. Mariana Soares Fiorentino (UERJ)
Virando o Jogo: "Jogos Empresariais e Dinâmicas de grupo como instrumentos capazes de influenciar a convivência em grupo, auxiliar na resolução de conflitos e em diferentes processos de aprendizagem".


Noite

Trabalhos Discentes
19h -A criação da disciplina de Educação Artística na Escola de Professores do Instituto de Educação em 1932
José Roberto Perez (CNS – ISERJ)


19:30h -A educação inclusiva brasileira e as necessidades educativas do estudante com transtorno autista no ensino fundamental no município do Rio de Janeiro
João Carlos Teixeira de Lima (ISE – Zona Oeste )

Mesa Redonda
20h - Perspectivas de atuação profissional do Pedagogo
Profa. Lolla Azevedo (ONG Casa da Arte de Educar)
Profa. Mariana Soares Fiorentino (Pedagogia Hospitalar)
Profa. Leandra Arguelo (Pedagogia Empresarial)
Prof.Leonardo Villela (Pedagogia Escolar)



12 de maio- quarta - feira
Manhã

Palestra
8:00h -A identidade feminina e negra na formação cultural do Rio de Janeiro
Profa. Dra. Maria Aparecida Donato (ISERJ)

Trabalhos Discentes
9:30h- Quem são e o que pensam as crianças do CAP-ISERJ
Trabalho do 3º período de Pedagogia


10:00h – Formação do professor pesquisador no CNS- ISERJ
Vivian Ventura (ISERJ-CNS)


10:30- A formação do professor e sua atuação na creche
Fernanda Viannay (ISERJ-CNS)


Palestra
11:00-Aprendendo a Ensinar com alunos marcados pelo fracasso escolar
Profa. Ms Margarida Santos (CAP-ISERJ)


Tarde


Oficina
14h – Jogos e Brincadeiras
Profa.Ms Sonia Ortiz (ISERJ)


Noite

Painel PROMEMO
19h- Memória e História Imediata da Formação de Professores no ISERJ: Do CNS a Pedagogia (1997/9-2009)
Profa. Dra. Maria Carolina Granato (ISERJ)
Heloísa Fabiano (ISERJ)


19:30h- Identidade e formação docente
Profa. Dra. Regene Brito (ISERJ)
Edgard Rosário Filho, Bruno Alves, Giovana Straioto, Kaeline Castelo Branco Azevedo e Tânia Regina Pinto (ISERJ- CNS/Pedagogia)


20:00h – CNS- ISERJ: retrato da resistência discente
Profa. Ms. Angela Maria Venturini (ISERJ)

Palestra
20:40h - "A cidade como lugar de educação"?
Profa. Dra. Maria Beatriz Albernaz (ISERJ)



13 de maio- quinta - feira
manhã

Extensão ISERJ
9h – Laboratório Lúdico Interdisciplinar
Profa. Ms Sônia Ortiz (ISERJ)


9:30h – GEFEL

Profa. Ana Paula Venâncio (CAP-ISERJ)
Profa. Elaine Matias Cândido (CAP-ISERJ)


Trabalhos Discentes
10h - Alfabetização plena de jovens e adultos
Paula Portugal Gomes (ISE – Zona Oeste)


10:30 – Laboratório Lúdico Interdisciplinar
Luciana Rodrigues Bonfim (ISERJ-CNS)
Ticiane Pereira de Oliveira (ISERJ-CNS)
Raquel Ramos de Oliveira (ISERJ-CNS)


11h – Lima Barreto: o olhar crítico do mulato livre e pobre
Fernando José de Moura (ISERJ-CNS)


11:30h- Atuação do pedagogo no espaço museal
Renata da Silva Souza (UNIRIO-Pedagogia)

Tarde


Oficinas
14h- Alabe de Jerusalém- Exibição da ópera brasileira
Profa. Dra. Maria Aparecida Donato (ISERJ)


15h- Diálogos: Cinema e sexualidade
Profa. Cibele de Oliveira Fernandes - psicóloga escolar e neurpsicóloga.Profa. Rose Clair Pouchain Matela - historiadora e doutora em educação.



Noite


Extensão ISERJ


19h – PROEJA
Prof. Marco Antonio Alves Cruz (ISERJ)

Palestra
20h - Ensino e pesquisa no cotidiano escolar
Profa. Neila Guimarães Alves (UFF)